Now Reading:
Ganda assinala 48 anos de existência

Ganda assinala 48 anos de existência

O município da Ganda, a 202 quilómetros a sul da cidade de Benguela, assinalou sábado o seu quadragésimo oitavo aniversário desde a sua ascensão à categoria de cidade, em 24 de Junho de 1969, num acto presidido pelo administrador municipal, António Kalianguila.

A data foi ainda marcada com a doação de um lote de fármacos e material gastável ao hospital local pelos membros da associação dos naturais e amigos da Ganda (Anaganda), bem como um quadrangular de futebol, uma peregrinação dos fiéis católicos e missa em alusão o seu padroeiro da paróquia da cidade da Ganda São João Baptista, que também se comera a 24 de Junho.

Ao presidir o acto, o administrador municipal da Ganda reiterou o compromisso de continuar a trabalhar para dar maior conforto, dignidade e futuro melhor para os munícipes e apelou o envolvimento de todos para contribuir no crescimento sócio económico da região.

Realçou ainda o compromisso de cada um em trabalhar para garantir o futuro melhor as gerações vindouros, cuja cidade alcançou nesse período realizações em vários domínios da vida política, económica e social, apesar das limitações de recursos decorrente da actual conjuntura económica.

Apelou a conjugação de esforços dos munícipes no sentido de preservar a paz e a segurança, de modo a promover o bem-estar social de todos, cultivar a solidariedade institucional, sendo a disciplina e trabalho premissas que devem caracterizar todos os cidadãos.

Reconheceu a existência de dificuldades que podem ser ultrapassar caso haver rigor, disciplina, organização e trabalho de todos munícipes, e destacou apoio que tem sido prestado pelo governo da província de Benguela, que tem contribuído para a mudança da imagem da cidade, facto que tem atraído quadros para trabalhar e fixar-se no interior da província, conferindo dignidade a sua gente.

Defendeu maior diversidade de opiniões para elevar o estado do desenvolvimento do município, combatendo fenómeno de divisionismo e tribalismo que em nada contribuem para a unidade dos citadinos e do progresso e desenvolvimento da região.

Fundado em 1923, a então vila Mariano Machado, passaria a categoria de cidade, a 24 de Junho de 1969 – sob portaria numero -16247 do então governador-geral de Angola, Camilo Augusto de Miranda Rebocho Vaz.

Com uma superfície de quatro mil 817 quilómetros quadrados e numa população estimada em 298 mil e 170 habitantes, o município da Ganda, cuja divisão política- administrativa compreende as comunas da Babaera, Ebanga, Casseque e Chikuma, é potencialmente rica na produção agro- pecuária e industrial.

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo