Deputado João Pinto compara economista Carlos Rosado com jardineiro e alfaiate

O Deputado a Assembleia Nacional, pelo MPLA, por sinal um dos vice-presidentes daquela bancada, João Pinto, comparou o trabalho do Economista, Jornalista e Professor Universitário, Carlos Rosado ao de um Jardineiro ou mesmo de um Alfaiate.

João Pinto, visivelmente agastado com o Jornalista, foi mais longe ao afirmar que o trabalho Do Carlos Rosado não tem nenhum cunho científico, daí, para ele, não ser apreciável.

Reagindo a uma matéria do profissional da comunicação social, publicada na internet e partilhada na rede social, facebook, João Pinto fez saber que é preciso profundidade nas matérias do também Professor de economia na Universidade Católica de Angola.

No seu comentário diz que “este estudo não tem rigor nenhum. Até pelo facto de no OGE de rubricas de órgãos diferentes que não se transferem ou comparam atendendo as funções.

João Pinto, visivelmente agastado com o Jornalista, foi mais longe ao afirmar que o trabalho Do Carlos Rosado não tem nenhum cunho científico, daí, para ele, não ser apreciável. Reagindo a uma matéria do profissional da comunicação social, publicada na internet e partilhada na rede social, facebook, João Pinto fez saber que é preciso profundidade nas matérias do também Professor de economia na Universidade Católica de Angola.

No seu comentário diz que “este estudo não tem rigor nenhum. Até pelo facto de no OGE de rubricas de órgãos diferentes que não se transferem ou comparam atendendo as funções.(…) por isso, prossegue, essa comparação podia ser feita por um alfaiate ou jardineiro… não tem nada científico”. Disparou o jovem Deputado do maioritário.

Pinto, aproveitou o momento para acusar ainda o jornalista de nunca ter falado sobre o rombo no BESA por parte de muitos dirigentes do seu Partido. “é estranho que este jornalista nunca abordou o caso BESA” rematou.

Lembro-lhe que o caso BESA envolve dirigentes do Partido a que João Pinto representa, mormente, João Lourenço actual candidato do MPLA a Presidente da República, Roberto de Almeida, antigo Vice-Presidente do MPLA, Fernando da Piedade Dias dos Santos, Presidente da Assembleia Nacional, Álvaro Sobrinho, um empreendedor rico do bloco dos apoiantes incondicionais do Partido e outros cujas funções se revestem de grande importância.

João Pinto teceu essas críticas numa matéria do Jornal EXPANSÃO, assinada pelo seu Director, Carlos Rosado de Carvalho, em que aborda, comparativamente orçamentos destinados a muitos hospitais e o valor total gasto, pelo Estado, na compra de veículos de marca Lexus, para os Deputados que vão sair das eleições de Agosto próximo.

Recorda-se que essa não é a primeira vez que o Deputado apresenta discursos pouco urbanos contra figuras nacionais com idoneidade reconhecida nos campos em que actuam. Foi assim com o jornalista Reginaldo Silva, um analista de mérito reconhecido e incontestável, Ismael Mateus e Abreu Paxe, só para citar esses que já foram alvos de críticas violentas e baixas do Deputado, na rede social facebook. Carlos Rosado ainda não respondeu o comentário do jovem político, pelo menos até ao momento do fecho desta matéria.

POR: VASCO DA GAMA

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo