Agente da Polícia Nacional mata chefe a tiro em Luanda

O disparo, que atingiu mortalmente o inspector da Polícia Nacional, Inácio Manuel Mambo, de 53 anos, foi efectuado por um agente da Polícia Nacional, que até ao fecho desta edição, na passada quinta-feira, não foi identificado.

O crime ocorreu no bairro Cassequel, junto ao mercado da Teixeira, no Distrito Urbano da Maianga.

Fontes ligadas ao processo, que falaram sob anonimato, revelaram esta semana ao Novo Jornal que as armas dos cinco agentes da Polícia Nacional que trabalharam no dia do ocorrido foram levadas ao Laboratório de Criminalística para se identificar o autor do disparo, que matou o comandante da esquadra móvel da Teixeira.

As fontes adiantaram ainda que as investigações preliminares levadas a cabo indicaram que os oitos elementos das Forças Armadas Angolanas não estavam armados quando chegaram ao local.

“De acordo com os investigadores que estiveram no local do incidente, não foram encontrados os quatro comandos armados que agora estão detidos. Os únicos que tinham armas em sua posse eram os agentes da polícia, o que leva a concluir que a bala que matou Mambo foi disparada por um colega”, revelaram as fontes policiais.

você pode gostar também

Comentários

Loading...

Com um gosto você fica por dentro de tudo