Presidente da República exonera Isaac dos Anjos do cargo de governador de Benguela

O Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, exonerou hoje, quinta-feira, 08, por decreto, o governador provincial de Benguela, Isaac Maria Francisco dos Anjos.
Num outro decreto, o chefe de Estado angolano nomeou para o cargo, Rui Falcão, que até então exerceu mesma função na província do Namibe.

Ainda de acordo com o despacho de José Eduardo dos Santos, o novo governador do Namibe será Carlos da Rocha Cruz.

A exoneração surge numa altura que em que se vivia uma relativa calma nas hostes do “camaradas”, após um período de muita conturbação em que era dado quase como certa a exoneração de Isaac dos Anjos.

Aliás numa recente entrevistas à Voz de América Dos Anjos havia assegurado permanência até pelo menos 23 de agosto.

‘’Estarei aqui até Agosto, disposto a ajudar o MPLA a vencer as eleições. Veremos o que acontece depois, quando forem conhecidos os resultados’’, garantiu na altura o governante.

De lembrar que os problemas internos a que se referia Isaac dos Anjos fizeram deslocar a Benguela o secretário-geral do MPLA e o chefe do grupo de acompanhamento para a província, Paulo Kassoma e João Martins, respectivamente, no mês de Abril.

Fontes bem posicionadas diziam na altura que foi pedido ao primeiro secretário do Comité Provincial ‘’contenção verbal’’ nas intervenções, sendo certo que a oposição pode tirar dividendos.

‘’Sou o primeiro a criticar a Administração Geral Tributária (AGT), já que está a ‘atrofiar’ o pouco resíduo empresarial com multas pesadíssimas. Se não formos nós a falar, só porque somos do MPLA, o povo não fala, nem os nossos adversários falam. Falo já agora, para que ninguém mais aborde o assunto na altura das eleições’’, terá sido uma críticas mal recebido por Luanda

Antes das críticas à política tributária, Dos Anjos utilizou, numa entrevista à Rádio Ecclésia, um adjectivo que caiu mal em certos segmentos da sociedade de Benguela.

Tanto é que o empresário Adérito Areias solicitou ao governador um pedido de desculpas, no que viria a provocar um clima de tensão no Comité Provincial.

‘’Só os benguelenses, com a sua visão crítica permanente, não conseguem olhar para as coisas boas que se fazem aqui. São críticas que os fazem melhorar na sua eficiência de ser mujimbeiros, é este o problema’’, considerou nessa entrevista Dos Anjos.

Uma declaração apontada por muitos analistas da vida política da província como sendo fatais a sobrevivência de política e governativa de Isaac dos Anjos na província de Benguela.

você pode gostar também

Comentários

Loading...

Com um gosto você fica por dentro de tudo