BPC apresenta segundo maior prejuízo da história da banca

O Banco de Poupança e Crédito perdeu 178 milhões USD o ano passado, cifra só ultrapassada pelo Banco Espírito Santo Angola (BESA) que contabilizou perdas de quase 500 milhões USD em 2014.

Resgate do banco totalmente controlado pelo Estado já envolveu cerca de 200 milhões USD de dinheiros públicos. O Banco de Poupança e Crédito (BPC) registou perdas de 29 mil milhões Kz em 2016, cerca de 178 milhões USD, o segundo maior prejuízo da história da banca angolana depois dos 47,3 mil milhões Kz contabilizados pelo Banco Espírito Santo Angola (BESA) em 2014, de acordo com as contas aprovadas em Assembleia Geral Universal da Instituição controlada a 100% pelo Estado.

Os prejuízos do ano passado do BPC são os primeiros contabilizados pelo banco, pelo menos desde 2001, ano a partir do qual estão disponíveis resultados do banco na respectiva página da internet.

A entrada do banco no vermelho está associada a “decisões assumidas pelo actual conselho de administração” liderado por Ricardo Viegas D”Abreu, de constituir 72,7 mil milhões Kz (437,4 milhões USD) para “imparidades e provisões” do exercício de 2016. As imparidades correspondem ao crédito considerado perdido. As provisões são valores colocados de lado para acudir a eventuais perdas.

FONTE: EXPANSÃO

você pode gostar também

Comentários

Loading...

Com um gosto você fica por dentro de tudo