Angolanos estão usar perfumes falsos e de baixo custo alerta AGT

A Administração Geral Tributária (AGT) alertou que vários cidadãos estão a usar perfumes falsos e de baixo custo, o que pode provocar graves problemas de saúde.
Simulação

Cresce o número de perfumes falsos e de baixo custo, comercializado no país, apesar de existir fabricas deste produto em território nacional.

A situação preocupa AGT, que pretende reajustar a pauta de importação de modo a evitar que os comerciantes optem pela via ilegal a importação de mercadorias de baixa qualidade devido as altas taxas, fez saber a directora da AGT Ilda Mangenge, em declarações à rádio Ecclésia.

Ouvidos pela AO, alguns cidadãos afirmaram desconhecer o alerta dado pela AGT e confirmaram a comercialização a preços acessíveis de alguns perfumes nas ruas e lojas da capital.

‘’Tenho comprado perfumes um pouco barato, mas não sei se é falso ou não. Mas também não tenho como saber porque o que vendem na rua é o mesmo da loja, e a diferença está apenas no preço, que é de 50 ou 100 kzs’’, disse Edvánia Miranda.

‘’Como é possível venderem perfumes falsos e a polícia apreciar este todo cenário? Infelizmente por falta de dinheiro compro perfume na rua, onde o preço é baixo. Se é falso tiram do mercado, ou querem que nós morremos?!’’, questionou o jovem Laton.

você pode gostar também

Comentários

Loading...

Com um gosto você fica por dentro de tudo