Produção agrícola em Benguela comprometida pela falta de chuva

Posted on Fevereiro 15, 2017, 5:48 pm
FavoriteLoadingAdd to favorites 31 secs

Quase toda a produção de cereais esperada nos 45 mil hectares existentes no município da Ganda, Benguela, dedicados a estas culturas, está comprometida ou foi totalmente destruída devido à prolongada seca.

A falta de chuva nesta região do país já se prolonga por quase dois meses e é impossível aos milhares de agricultores que no município se dedicam à cultura de cereais garantir a defesa das suas produções.

O responsável da Estação de Desenvolvimento Agrário (EDA) da Ganda, Manuel Tchitumba, em declarações à Angop, explicou que as culturas de milho e feijão, que estão numa fase adiantada, foram as mais prejudicadas pelas estiagem. Até ao momento, segundo a avaliação feita pelos técnicos da EDA, 70 por cento dos cereais cultivados no município estão destruídos pela seca e, se continuar sem chover o suficiente, as restantes culturas podem ter o mesmo fim. Para minimizar o impacto da seca, as autoridades locais forneceram um conjunto de moto-bombas para levar água aos campos situados nas proximidades de cursos de água.

Deixe seu comentario