Soba assassinado à catanada na Huíla

Posted on Fevereiro 14, 2017, 11:21 am
FavoriteLoadingAdd to favorites 53 secs

O soba José Hiluco, de 83 anos de idade, foi morto à catanada, alegadamente por um camponês, na noite deste domingo, 12, no município da Humpata, localidade da Mutola, na província da Huíla. O suspeito foi entretanto detido.

O crime ocorreu por volta das 18 horas junto a uma vala de drenagem, onde o corpo do soba foi encontrado pelos familiares. Segundo o porta-voz do Comando Provincial da Polícia Nacional na Huíla, superintendente-chefe Paiva Tomás, o camponês acusado do homicídio encontra-se detido numa das esquadras daquela localidade. De acordo com o filho da vítima, o octogenário vinha do campo quando “foi surpreendido por um camponês que circulava com uma catana e não lhe deu oportunidade de falar”, desferindo vários golpes. “Da maneira que aconteceu foi muito triste, não só para mim mas também para nossa comunidade. Estamos totalmente tristes com a morte do meu pai, não sabemos o que ele fez para o camponês agir dessa forma”, lamenta um dos descendentes de José Hiluco. Artur Boa, amigo do malogrado e soba na mesma região também lastima o sucedido. “Sabemos que actualmente existem mutos jovens que ignoram as autoridades tradicionais, pensando que os sobas são feiticeiros”, diz, sublinhando que as pessoas sem noção é que têm comportamentos do género.

Deixe seu comentario