Cobranças de renda coercivas na cidade do Kilamba

Posted on Janeiro 12, 2017, 9:00 am
FavoriteLoadingAdd to favorites 32 secs

Os residentes na Cidade do Kilamba com rendas em atraso devem levantar, até ao próximo dia 19 de Janeiro, no escritório da Imogestin instalado no local, a nota de cobrança para regularizarem os pagamentos, avisou a empresa de gestão imobiliária.


NOVO JORNAL


As queixas dos moradores do Kilamba, de que não têm como pagar as rendas por não terem recebido o documento de cobrança, está com os dias contados. Através de um aviso publicado no Jornal de Angola, a Imogestin, responsável pela gestão das centralidades do Estado, apela aos residentes na Cidade do Kilamba com mensalidades em atraso para levantarem, até ao próximo dia 19 de Janeiro, a nota de cobrança no escritório da empresa, situado no Bloco M, prédio 19.

Segundo se lê na mensagem, “com o presente aviso, todos os promitentes-compradores, na condição descrita, devem considerar-se notificados para efeitos de pagamento das prestações em falta”. Recorde-se que depois de um 2014 sem cobranças, devido a problemas na gestão, o pagamento das rendas foi retomado em Outubro de 2015

Deixe seu comentario