Posted on Janeiro 11, 2017, 11:10 am
FavoriteLoadingAdd to favorites 2 mins

O MPLA na província de Benguela procura partir na linha da frente. Sem tabus começa a “descartar-se” de José Eduardo dos Santos.

Nos últimos dias, altos dirigentes do comité provincial desdobram-se no interior em contactos com militantes para explicar a desistência de José Eduardo dos Santos na corrida às eleições gerais de Agosto próximo. O nome que se segue é de João Lourenço, o escolhido pelo presidente do MPLA para disputar o pleito.


José Adão 


Sem tempo a perder, mas a correr contra o tempo, os dirigentes do MPLA buscam reinventar a sigla e ir atrás de um novo discurso. Numa espécie de nova era.

De resto, uma tarefa que parece ingrata para o MPLA que durante décadas viveu, cultivou e alimentou o culto a personalidade para um único chefe: José Eduardo dos Santos.

Sem alternativas e com um discurso ainda pouco afinado, Nelson da Conceição, membro da comissão executiva do Comité provincial do MPLA, numa assembleia de militantes no município da Ganda, resolveu acabar com todas às dúvidas.


Resultado de imagem para nelson da conceição


“ Ao saírem daqui nos comité comunais, nas vossas estruturas digam: a proposta do partido é esta. Discutam a proposta do partido e apresentem uma proposta concreta. Mas o camarada presidente do partido José Eduardo dos Santos considera e o Comité Central aprovou para que o camarada João Lourenço deve ser o candidato que vai aparecer como o cabeça de lista”, rematou.

Missão semelhante teve o secretário para informação do Comité Provincial, David Nahenda, no município Caimbambo. A mensagem transmitida aos militantes foi igualmente de mudança. “Nós desde das eleições de 2012 que temos vindo a nos preparar para esse momento. Nas próximas eleições teremos um novo cabeça de lista”, revelou David Nahenda.


Resultado de imagem para David Nahenda

Deixe seu comentario