Governador da Huíla admite que há falta de seriedade e corrupção nas estruturas pública

Posted on Dezembro 31, 2016, 7:55 am
FavoriteLoadingAdd to favorites 30 secs
O governador da Huila, João Marcelino Tchipingue, mostrou-se descontente com o funcionamento e modo de atendimento das instituições públicas na província que dirige.

O dirigente expressou o seu desagrado, na quarta-feira, 28, aquando da sua visita a um mercado nos arredores da cidade do Lubango, e admitiu as falhas das instituições públicas, ‘’os papéis se perdem, não são despachados a tempo, o sistema está corrupto, não funciona, há um impedimento, não há seriedade’’.Marcelino Tchipingue disse ainda que ‘’a máquina está entupida, não há circulação sanguínea, quando não há esta circulação a dinâmica pára, o povo não tem acesso aos serviços básicos da administração do Estado, e quando isso acontece, os serviços não são prestados a tempo e com qualidade’’.

O governador apelou aos funcionários das instituições públicas a pautarem pela qualidade, e alertou aos mesmos que foram postos para ‘’ser servidor e não ser servido.’’

Rádio Despertar

Deixe seu comentario