Presidente põe o seu cargo à disposição

Posted on Dezembro 01, 2016, 3:56 pm
FavoriteLoadingAdd to favorites 2 mins

A Presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye, enfraquecida politicamente pelos crescentes pedidos de renúncia devido ao caso da “Rasputina coreana”, colocou ontem o cargo à disposição da Assembleia Nacional.

[separator]
“Vou delegar na Assembleia Nacional a oportunidade de encurtar o meu mandato”, disse a Presidente, no seu terceiro discurso público desde que teve início, há mais de um mês, o maior escândalo político dos últimos anos na Coreia do Sul.
Park pediu aos principais partidos políticos que definam um “calendário e procedimentos legais” para realizar a renúncia e “garantir uma transferência estável de poder” com o objectivo de “reduzir a confusão nos assuntos de Estado”. A Presidente comprometeu-se  a “colaborar com a investigação” do caso e “depois renunciar” se necessário pelos representantes da Câmara. O novo discurso ocorre num momento de grande pressão sobre Park, depois do último sábado quando quase dois milhões de sul-coreanos – segundo dados dos organizadores do acto – fizeram uma manifestação em Seul e noutras cidades do país, para pedir a saída do poder, no quinto dia de protestos em massa devido ao escândalo “Choi Soon-sil”.
O caso em torno de Park Geun-hye e sua amiga Choi Soon-sil, a “Rasputina coreana” que supostamente interveio em assuntos de Estado, mesmo sem ostentar cargo público e extorquiu empresas para obter grandes somas de dinheiro que se teria apropriado irregularmente, além de outras acusações. Antes do discurso da Presidente, os partidos da oposição anunciaram que vão submeter a votação provavelmente na próxima sexta-feira na Assembleia Nacional uma moção para a cassação da Presidente, cuja taxa de popularidade é de apenas quatro por cento, a menor de um líder na História do país.

Deixe seu comentario

8 Responses to: Presidente põe o seu cargo à disposição