MPLA desmente doença de José Eduardo dos Santos

Posted on Dezembro 01, 2016, 9:37 pm
FavoriteLoadingAdd to favorites 3 mins
O Departamento de Informação e Propaganda do Comité Central do MPLA emitiu esta quinta-feira um comunicado no qual desmente uma alegada hospitalização urgente de José Eduardo dos Santos. O comunicado surge na sequência de uma notícia publicada esta quarta-feira num jornal angolano, o Folha 8, onde se informa que o presidente angolano teria sido internado de urgência numa clínica de Barcelona devido ao agravamento de uma doença oncológica de que alegadamente padecerá.[separator]

“Círculos afetos a sectores da oposição ao MPLA e ao governo angolano estão a servir-se das redes sociais para, uma vez mais, usando a mentira, especular, desta vez, sobre o estado de saúde do camarada presidente José Eduardo dos Santos”, lê-se no comunicado emitido pelo Departamento de Informação e Propaganda do Comité Central do MPLA transmitido pela ANGOP. O partido que lidera o governo de Angola desde a independência do país, recorda ainda no comunicado que Eduardo dos Santos “tem dirigido, pessoal e diretamente” as reuniões mais relevantes do Governo e dos órgãos do MPLA, desmentindo assim, tal como a Folha 8 noticiou, que o líder tenha estado afastado da governação.

Reunião sem agenda cria clima de intriga

O comunicado surge em vésperas de uma reunião do Comité Central do MPLA, que deverá realizar-se esta sexta-feira em Luanda. O encontro, que não tem agenda conhecida e foi confirmado esta terça-feira à Agência Lusa por uma fonte do partido, está a alimentar um clima de intriga no partido de José Eduardo dos Santos.

Como pano de fundo estão as eleições presidenciais previstas para agosto de 2017 e a possível não recandidatura do presidente angolano que está no poder há mais de 37 anos.

Em março de 2016, Eduardo dos Santos fez o seguinte anúncio numa reunião do Comité Central do MPLA:

Em 2012, em eleições gerais, fui eleito Presidente da República e empossado para cumprir um mandato que nos termos da Constituição da República termina em 2017. Assim, eu tomei a decisão de deixar a vida política ativa em 2018″, afirmou na altura o homem que também conhecido por Zedu.

Eduardo dos Santos ainda não esclareceu, contudo, se pretende candidatar-se a um novo mandato presidencial nas eleições de agosto de 2017, abandonando no ano seguinte a vida política ativa.

Seja como candidato presidencial do MPLA, seja como sucessor em 2018 do presidente José Eduardo dos Santos, o nome de João Lourenço, atual ministro da Defesa, tem vindo a ganhar força nos bastidores do MPLA desde que foi eleito vice-presidente do partido em agosto.

Deixe seu comentario

9 Responses to: MPLA desmente doença de José Eduardo dos Santos

  1. Dezembro 22nd, 2016

    Useful information. Lucky me I discovered your site by
    chance, and I’m surprised why this twist of fate did not came about earlier!
    I bookmarked it.