Empresários do MPLA entram em campo para sensibilizar cidadãos ao registo eleitoral

Posted on Novembro 21, 2016, 5:56 pm
FavoriteLoadingAdd to favorites 5 mins
Nos últimos tempos, na província de Benguela, várias têm sido as organizações político-partidárias e da sociedade civil que abraçaram a tarefa de sensibilizar os cidadãos para aderirem o registo eleitoral. Neste sábado, 19, o Comité de Especialidade dos Empresários e Empreendedores do MPLA chamou para si essa responsabilidade com a realização de uma actividade desportiva e cultural, realizada no pavilhão Gimnodesportivo do Sporting de Benguela.

[separator]

Num casamento perfeito entre o desperto, cultura e cidadania pouco mais de uma de centena de jovens aderiu à iniciativa, bem animada culturalmente pelo músico Puto Prata.

Uma das figuras que testemunhou o evento foi o segundo secretario do comité provincial do MPLA, Veríssimo Sapalo. O politico para além de ter dado nota positiva aos organizadores, lembrou que o registo eleitoral reveste-se de capital importância, por ser um dever de cidadania consagrado na Lei da Republica de Angola, pelo qual os cidadãos são habilitados a votar, no sentido de elegerem os futuros representantes à Assembleia Nacional e o Presidente da República.

“Penso que foi um acto bem pensado. Esta parte que tem a ver com actualização do registo eleitoral é muito importante para a vida da Nação. Por essa razão é que todos nós, independentemente das nossas cores partidárias, credo religioso, opção cultural ou qualquer outra opção social que nos identifique como cidadão, devemos atender a esse chamamento. Se não o fizermos dificilmente participaremos na escolha dos nossos representantes”, referiu Veríssimo Sapalo, que é também deputado à Assembleia Nacional pelo circulo provincial de Benguela.

Por sua vez, o primeiro secretário do comité de especialidade dos empresários e empreendedores do MPLA, Belito Xavier, sublinhou que a realização do evento visou despertar os jovens que ainda não actualizaram, no sentido de abraçarem o processo.

“Aquilo que era nosso objectivo conseguimos chegar lá. Isso nos agrada bastantes e nos leva a reflectir sobre a necessidade de se projectar mais actividades, no sentido de motivarmos os jovens de todos os extractos sociais para um objectivo comum, que é: o registo eleitoral”, afirmou.

Por outro lado, Belito Xavier mostrou-se satisfeito com a aderência dos jovens e sublinhou que o evento contribuiu para motivar mais jovens a dirigirem-se aos postos de cadastramento eleitoral.

Face aos resultados, tido como animadores, Belito Xavier anunciou para os próximos dias mais eventos semelhantes, tendo sempre como pano de fundo a mobilização dos cidadãos para registo eleitoral.

“Em conversas com o camarada segundo secretario do comité provincial do partido, Veríssimo Sapalo, que acompanhou essa actividade, abordou-se sobre a possibilidade de vir a ser realizado nos próximos dias mais um evento semelhante, mas de maior dimensão e mais abrangente, pretendemos contar com outras organizações da sociedade civil. Vamos trabalhar nesse sentido”, salienta Belito Xavier, que se assume como um agente mobilizador para as causas nobres do país.

“Pretendemos continuar a mobilizar os cidadãos para actualizar os seus dados eleitorais, bem como dos jovens que completaram pela primeira 18 anos a registarem-se para votar nas próximas eleições de 2017”, concluiu.

E um dos jovens que se fez presente foi Cristiano Fernandes. O antigo presidente do conselho provincial da juventude de Benguela disse “ser um orgulho” fazer parte da aquilo que chamou de “festa da democracia”. Segundo Cristiano Fernandes são sempre bem vindas  iniciativas que visam incentivar os cidadãos, principalmente os mais jovens para afluírem aos postos de registo eleitoral.

“Estou maravilhado pela iniciativa, devo parabenizar os promotores do evento. Aproveito igualmente, enquanto cidadão, apelar a todos para que abracem o processo de registo eleitoral, principalmente para aqueles que vão agora completar dezoito anos. Esse é um momento histórico para o país”, aconselhou Cristiano Fernandes.

Na província de Benguela de Benguela, as autoridades prevêem registar pouco mais de um milhão de eleitores. Neste momento, os numero apontam para o registo e actualização de pouco mais de quinhentos mil cidadãos maiores de dezoito anos.

Deixe seu comentario

3 Responses to: Empresários do MPLA entram em campo para sensibilizar cidadãos ao registo eleitoral

  1. Dezembro 23rd, 2016

    I like the helpful info you provide in your articles. I’ll
    bookmark your weblog and check again here frequently. I am quite certain I will learn plenty
    of new stuff right here! Best of luck for the next!