Comerciantes estrangeiros rejeitam cartão de crédito. Pagamento só com dinheiro à vista

Posted on Agosto 09, 2016, 6:07 pm
FavoriteLoadingAdd to favorites 2 mins

Mais uma “dor de cabeça” para os consumidores da província de Benguela. Mesmo não sendo oficial, nos últimos dias, vários estabelecimentos comerciais, principalmente de libaneses, indianos, chineses vietnamitas, eritreus e oeste-africanos não aceitam outra forma de pagamento que não seja dinheiro à vista. Cheque, cartão electrónico, transferência ou depósito bancário são formas de pagamento que estão a ser rejeitadas.

[separator]REDACÇÃO[separator]

A decisão veio complicar ainda mais a vida financeira dos consumidores benguelenses, que diante do limite nos saques bancários haviam optado em proceder pagamentos dos gastos do dia-a-dia com cartões.

Arrogantes e actuando, sempre, em carteis e disseminados em pequenos grupos em todas as localidades da província, os  libaneses, indianos, eritreus, etíopes e somalis, argumentam que a desvalorização do Kwanza e as restrições bancárias geraram dificuldades para o pagamento e compensação desse serviço, especialmente dos saldos referentes ao dólar, estão na base da decisão. “Nós precisamos fazer aquisição de divisas no mercado informal”, ilustrou um dos comerciantes que estrangeiros que falou ao Pérola das Acácias, na condição de anonimato.

Os responsáveis do Instituto Nacional de Defesa Do Consumidor reconhecem a existência “deste tipo de prática”, mas ainda, adiantam, não receberam qualquer reclamação formal sobre o caso, que viola os direitos dos consumidores.

Deixe seu comentario