Angola e Brasil querem usar o kwanza e o real em transacções comerciais

Posted on Abril 14, 2016, 11:08 am
FavoriteLoadingAdd to favorites 3 mins

Angola e Brasil querem estabelecer um acordo para pagamentos no comércio bilateral nas moedas nacionais dos dois países, anunciou ontem, em Luanda, o chefe da diplomacia brasileira. O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Mauro Vieira, fez o anúncio à saída da audiência concedida ontem pelo presidente José Eduardo dos Santos, com o qual analisou o acordo de cooperação e facilitação de investimentos assinado pelos dois países em 2015.[separator]

Tratámos das próximas reuniões no contexto deste acordo, abordámos também a possibilidade de celebrarmos no futuro um acordo de pagamentos bilateral do nosso comércio em moeda nacional dos nossos países, tratámos de questões de cooperação na área da defesa, sanitária e educação”, referiu o ministro.

Segundo o governante brasileiro, o encontro com José Eduardo dos Santos serviu para abordar temas de interesse das relações bilaterais, regionais e internacionais.

Na audiência, Mauro Vieira explicou igualmente “em detalhes” ao presidente “o momento político que se vive no Brasil e questões económicas que o governo tem enfrentado, com a queda dos preços internacionais dascomoddities“.

Por sua vez, o ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti, disse que a presença do seu homólogo no país demonstra o bom nível das relações entre os Estados.

“Neste momento particular em que todos sabemos o que se passa no Brasil, mas também a situação económica que Angola está atravessando”, realçou Georges Chikoti.

Angola e o Brasil têm uma parceria estratégica e regularmente realizam consultas sobre a evolução da sua cooperação bilateral, igualmente as questões regionais e internacionais.

Apesar da situação económica que os dois países lusófonos atravessam nesta altura, a cooperação continua a apresentar resultados positivos e com grande potencial para expansão, afirmou o director para América do Ministério das Relações Exteriores, Francisco da Cruz.

Os dois países possuem acordos de cooperação no âmbito judicial, defesa, económico, com a cooperação comercial, em que o Brasil tem providenciado várias linhas de crédito a Angola para o seu programa de desenvolvimento.

As exportações de Angola para o Brasil atingiram, no primeiro trimestre deste ano, o valor de USD 28,6 milhões contra os USD 31,8 milhões no mesmo período de 2015.

Já as exportações do Brasil para Angola atingiram o volume, nos três primeiros meses deste ano, de USD 92,7 milhões contra os USD 647,9 milhões do ano passado.

O governante brasileiro deixa Luanda no início da tarde de hoje.

Deixe seu comentario